Aveia no café da manhã pode salvar sua vida – Entenda!

0 307

Pessoas que comem aveia no café da manhã em vez de ovos e torradas podem estar diminuindo o risco de AVC, segundo um estudo dinamarquês.

Consumir aveia no café da manhã todos os dias tem sido associado a um risco reduzido de derrame. Mas a pesquisa até o momento não ofereceu uma imagem clara de como a substituição de aveia por outros alimentos comuns do café da manhã, como ovos, torradas ou iogurte, pode afetar o risco de derrame, observa a equipe do estudo na revista Stroke.

Para o estudo atual, os pesquisadores examinaram dados da dieta de cerca de 55.000 adultos na Dinamarca que tinham 56 anos, em média, e não tinham histórico de acidente vascular cerebral.

No início do período de estudo, os participantes consumiram em média 2,1 porções de ovos, 3 porções de pão branco, 1 porção de iogurte e apenas 0,1 porção de aveia por semana.

O acompanhamento médio foi de 13,4 anos e, durante o período do estudo, 2.260 pessoas tiveram um acidente vascular cerebral isquêmico.

Usando modelos de riscos proporcionais de Cox, os pesquisadores estimaram que a substituição hipotética de uma porção de ovos ou pão branco por uma porção de aveia traria um risco 4% menor de derrame em comparação com alguém que ficou com ovos ou pão no café da manhã e 5% menor risco de acidente vascular cerebral isquêmico causado por bloqueios especificamente em pequenas artérias.

Comer aveia em vez de iogurte não pareceu afetar o risco de derrame.

“Nossos resultados indicam que escolher aveia em vez de pão branco ou ovos pode ser útil para a prevenção de derrame no nível populacional, mas a associação modesta significa que, para os indivíduos, é bem possível que outros fatores sejam mais importantes”. disse a autora sênior do estudo, Dra. Christina Dahm, da Universidade de Aarhus, na Dinamarca.

Embora o estudo não tenha sido projetado para provar como a aveia pode reduzir o risco de derrame, é possível que a aveia faça isso ajudando a diminuir o colesterol, disse Dra. Dahm por email.

“O colesterol é um fator de risco para derrames isquêmicos, e nossos resultados foram mais fortes para derrames isquêmicos, o que pode indicar que o efeito de comer aveia na redução do colesterol pode ter impacto a longo prazo no risco de derrames isquêmicos”, acrescentou Dra. Dahm.

As pessoas no estudo que comeram mais ovos e pão branco também tenderam a ter hábitos alimentares menos saudáveis ​​do que as que ingeriram mais aveia, observam os autores.

“Talvez os pacientes que comem aveia se cuidem melhor de outras maneiras, e isso explica o efeito observado”, disse Dr. Michael D. Hill, pesquisador da Universidade de Calgary, em Alberta, Canadá.

O tamanho das porções e a qualidade geral da dieta também são importantes para a prevenção de AVC, disse Dr. Amytis Towfighi, da Escola de Medicina Keck da Universidade do Sul da Califórnia.

“Este estudo fornece suporte adicional a uma dieta mediterrânea, que inclui o consumo diário de grãos integrais”, disse o Dr. Towfighi, que não estava envolvido no estudo, por e-mail.

Fonte: Stroke

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência AceitarLeia Mais