Saiba o que aconteceu de curioso com essa arraia – Entenda!

0 700

Uma arraia na Austrália acaba de dar à luz. Isso pode não parecer tão excitante, mas acontece que ela não esteve próxima de um macho há mais de nove anos.

Freckle é uma arraia que mora no Sea Life Sydney Aquarium da Austrália, onde ela é uma das principais atrações graças às brilhantes manchas brancas em suas costas e barbatanas semelhantes a asas.

Então, como ela engravidou?

Bem, ela realmente usou um método chamado partenogênese (literalmente significa “origem virgem” em grego antigo), um processo que é muito raro no reino animal.

Partenogênese envolve um embrião em desenvolvimento sem a necessidade de espermatozóides de um macho para fertilizá-lo.

Alguns animais como humanos e todos os outros mamíferos precisam de um macho e uma fêmea para se reproduzirem.

Outros, como alguns lagartos, são assexuados e podem se reproduzir sozinho. Mas certas criaturas, como peixe-serra, cobras e tubarões, podem fazer isso nos dois sentidos.

Isso oferece a oportunidade de reproduzir quando há uma falta de outro indivíduo por perto. No entanto, os descendentes resultantes são menos diversificados geneticamente do que suas contrapartes sexualmente produzidas, o que pode interferir na saúde.

“É uma ocorrência rara entre os vertebrados, então esta é uma chegada muito especial para o Sea Life Sydney Aquarium”, disse Adam Stowe, professor associado da Universidade Macquarie, em um comunicado.

No início de junho, a equipe do aquário notou algumas mudanças em Freckle. Sua barriga estava crescendo, ela estava respirando e nadando mais rápido, seu apetite aumentou, e ela estava menos inclinada a participar de sessões de treinamento, o que sugeria que ela poderia estar protegendo alguma coisa.

No entanto, os têcnicos inicialmente não pensaram que ela poderia estar grávida, já que não havia nenhum macho em seu tanque.

Mas algumas semanas depois, as suspeitas foram confirmadas.

“No dia 26 de julho, quando cheguei para verificar o tanque, onde mora Freckle, ela nadou sobre o túnel e não havia mais barriga!”

Disse a aquarista sênior Libby Eyre. “Rapidamente encontrei o filhote e houveram gritos de excitação da equipe. Todo mundo ficou surpreso com o processo de ter produzido um filhote sem a presença de machos no tanque!”

Fonte: IFLS

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência AceitarLeia Mais