Notícia Alternativa
Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Pela primeira vez cientistas encontram sinais de Alzheimer em animal selvagem

0 288

Pela primeira vez, cientistas descobriram evidências de doença de Alzheimer em animal selvagem, após detectar sintomas no cérebro de golfinhos.

Os golfinhos, como os humanos, continuam vivendo por muitos anos depois de se reproduzirem.

E, as descobertas agora sugerem que a doença de Alzheimer pode estar entre os custos desse um longo período de vida.

O estudo sugere que alterações na função da insulina podem deixar humanos e golfinhos suscetíveis à doença.

Link 100% seguro

“É muito raro encontrar sinais de doença de Alzheimer em cérebros não humanos”, disse o professor Dr. Simon Lovestone, um psiquiatra da Oxford Health NHS Foundation Trust.

“Esta é a primeira vez que alguém encontrou evidências tão claras das placas de proteínas e emaranhados associados à doença de Alzheimer no cérebro de um animal selvagem”.

No estudo, uma equipe internacional de pesquisadores examinou os corpos de golfinhos que haviam morrido na costa espanhola.

Estes golfinhos também exibiam os sinais reveladores da doença de Alzheimer – notavelmente, as placas de proteína beta amilóide e “emaranhados” de outra proteína, tau.

De acordo com a equipe, isso provavelmente está associado à função da insulina.

A insulina regula os níveis de açúcar no sangue e desencadeia o que é conhecido como “sinalização de insulina”.

Mudanças na sinalização de insulina em humanos e outros mamíferos podem causar diabetes. Enquanto os estudos descobriram que a restrição de calorias extremas em camundongos e moscas da fruta poderia alterar esse processo e prolongar a vida útil, as novas descobertas sugerem que isso poderia também colocar alguns animais em maior risco para a doença de Alzheimer.

Os pesquisadores dizem que as novas descobertas podem abrir caminho para melhores abordagens para o tratamento da doença, oferecendo uma nova e potencial avenida para testar as drogas de Alzheimer.

Até agora, a doença nunca havia sido vista em um animal selvagem.

Fonte: Daily Mail

Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se para receber mais notícias e atualizações
Você pode desativar quando quiser