Espécie de morcego pode ter sido responsável pela morte de 11mil pessoas – Entenda!

0 325

A enorme epidemia de Ebola que atingiu a África Ocidental entre 2013 e 2016 pegou o mundo de surpresa. O vírus nunca havia sido encontrado na região; Todos os surtos anteriores de Ebola ocorreram em países da África Central ou do Sudão. E isso representou um mistério: de onde veio o vírus, chamado Ebola Zaire?

Agora, os cientistas podem ter uma resposta. Perto da boca de uma mina abandonada na Libéria, eles pegaram um morcego que estava infectado com o Ebola Zaire.

Os pesquisadores não isolaram o vírus em si, mas encontraram cerca de um quinto de seu genoma no animal. É muito cedo para dizer se é exatamente a mesma linhagem que devastou a região.

Ainda assim, “esta é um importante pista e deve ser seguida extensivamente”, diz Dr. Fabian Leendertz, epidemiologista veterinário do Instituto Robert Koch em Berlim, que não esteve envolvido no trabalho.

A descoberta também lança nova luz sobre a história natural do Ebola, que confundiu cientistas por décadas, diz Jon Epstein, epidemiologista veterinário da EcoHealth Alliance em Nova York e membro do consórcio PREDICT que fez a descoberta.

“É realmente a nossa primeira evidência de um morcego portador do vírus Ebola Zaire na região”, diz Epstein. “Isso nos permite ter uma visão mais profunda e tentar entender de onde veio esse vírus.”

Os resultados ainda não foram publicados, mas foram anunciados hoje por Tolbert Nyenswah, diretor do Instituto Nacional de Saúde Pública da Libéria, em uma coletiva de imprensa em Monróvia.

Somente na Libéria, um país de cerca de 4 milhões de pessoas, o vírus causou a doença de mais de 10.000 pessoas e matou quase metade delas; outras 6500 pessoas morreram em Serra Leoa e na Guiné.

Muitas pessoas na África Ocidental temem um retorno do vírus. Um comunicado de imprensa do Ministério da Saúde e da Previdência Social da Libéria hoje enfatizou – três vezes, em negrito – que não há casos humanos conhecidos de ebola no país no momento. (Um surto de Ebola Zaire na região de Kivu, na República Democrática do Congo, a milhares de quilômetros de distância, já matou mais de 400 pessoas desde agosto de 2018 e se tornou a segunda maior epidemia do vírus já registrado.)

Fonte: Science

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More