Autópsia revela algo assustador em baleia morta – Entenda!

0 319

Ao longo da costa das Filipinas, um dos maiores poluidores de plásticos do mundo, biólogos descobriram recentemente uma baleia que engoliu mais de 40 quilos de lixo plástico.

A baleia de bico de Cuvier, com 4,69 metros de altura, foi descoberta na manhã de sexta-feira, 16 de março, ao longo da costa de Mabini, no Vale de Compostela, perto da cidade de Davao, nas Filipinas.

Pesquisadores do D ‘Bone Collector Museum foram ao local e encontraram a baleia em um estado desesperado. Além de emagrecida e gravemente desidratada, a baleia vomitava sangue.

Eventualmente, o animal faleceu e a carcaça foi levada de volta para as instalações do museu mais tarde naquela noite. Uma autópsia da equipe revelou rapidamente o destino sombrio da baleia.

“Eu não estava preparado para a quantidade de plástico”, disse Darrell Blatchley, fundador do D ‘Bone Collector Museum, em comunicado à IFLScience.

“40 quilos mais ou menos de sacos de arroz, sacolas de supermercado, sacolas de plantação de banana e sacolas plásticas em geral. Dezesseis sacos de arroz no total.”

A baleia de bico de Cuvier, também conhecida como a baleia de bico de ganso, é uma das espécies de baleias mais amplamente distribuídas. Eles podem ser vistos em quase todas as partes dos oceanos do mundo, desde os trópicos quentes até os mares temperados, embora estejam mais à vontade em águas profundas.

Os cetáceos não bebem água do oceano, eles adquirem água fresca dos alimentos que comem. Como resultado do plástico ingerido, a baleia ficou gravemente doente com desidratação e começou a morrer de fome, resultando em sua morte.

Blatchley observa que o lixo de plástico começou a se calcificar no intestino da baleia.

Filipinas

Leia mais

As Filipinas são um dos piores países do mundo quando se trata de poluição de plástico no oceano.

As estatísticas de 2010 mostram que as Filipinas bombeiam 0,75 milhão de toneladas de plástico no oceano, a terceira maior quantidade entre todos os países. De fato, a maioria dos 10 maiores poluidores plásticos pode ser encontrada no sudeste da Ásia.

Após a conclusão da necropsia da baleia, o D ‘Bone Collector Museum espera colocar o esqueleto em exibição como um poderoso símbolo do difundido problema da poluição plástica.

“Nos últimos 10 anos, recuperamos 61 baleias e golfinhos, dos quais 57 morreram devido a redes de pesca, pesca com dinamite e lixo plástico”, disse Blatchley. “Quatro estavam grávidas.”

“Isso não pode continuar”, acrescentou ele. “As Filipinas precisam mudar de filhos ou nada será deixado”.

Fonte: IFLS

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More